Buscamos na alegria do dia-a-dia e no lado fantasioso do mundo cor de rosa, as situações e as personagens da história e criamos o apart/salão de cabeleireiros "O CORTE DOURADO" onde tudo acontece. Eu, heinn!... Que louuucura!...

A primeira preocupação foi pesquisar os "trejeitos", o modo de agir e de falar. Visitamos salões de beleza, freqüentamos escola de cabeleireiros, fizemos contatos e captamos o lado positivo e divertido do chamado reduto da purpurina e do silicone. Mas precisávamos vencer mais um desafio: o preconceito, disfarçado, porém muito presente na maioria das pessoas e a timidez de soltar a franga na frente das esposas e dos filhos. Foi barra, mas, afinal, para ser homem não precisa ser machão: basta ser autêntico e carinhoso. Arrasamos, hein bofes!...

A fase seguinte da história foi a mais difícil, a de ensaios e produção e a repercussão do trabalho despertou curiosidade e provocação. Foi a glória!...

Foi, sem dúvida, o maior e mais divertido exercício teatral realizado em nossas “lifes”. Cruuuzes!...

Nosso muito obrigado à comunidade GLS pela compreensão e colaboração, aos nossos patrocinadores e a todos que direta ou indiretamente colaboraram em mais essa produção. Valeu santas!...

Divirtam-se! É isso o que realmente pretendemos. Ai que luuuxo!...

SINOPSE

No Apart/salão “O CORTE DOURADO” residem, o casal Clodô/valdeci e a doméstica Madonna, três “Gays” que alegre e frescamente levam a vida na mais pura “veadagem”.

Tudo ia bem, até que um dia aconteceu: Divino, o porteiro, traz um telegrama avisando da inesperada chegada do coronel Esmeraldo, pai de clodô, que ingenuamente sustentava e acreditava que o filho estudava Agronomia e Veterinária na cidade grande e que era um grande machão.

Situações constrangedoras e engraçadas são vividas dentro do universo cor-de-rosa, para forjar um falso machismo, envolvendo ciúmes, amor e ódio, numa mistura que vai do trágico ao cômico, do romântico ao ridículo.

O Final não poderia deixar de ser glorioso e apoteótico. Ao saber de toda a verdade, durante um curioso assalto, o pai, reage de forma inesperada e surpreendente!?.


BICHA TÉCNICA
digo, FICHA TÉCNICA

OS MACHÕES

Texto e direção
ANTONIO CARLOS DA COSTA

Elenco (Por ordem de frescura)
LUIZ HUMBERTO (Clodô)
ROY DEGROSSOLI (Coronel Esmeraldo)
ANTONIO CARLOS (Valdeci / Prima Valdete)
RODRIGO DUARTE (Madonna)
SIDNEY JÚNIOR (Divino o porteiro)
ISAAC CARLOS (Pau-lão o ladrão)
JÚLIO REIS(Alemão)

Cenários (Decoração)
LUIZ HUMBERTO SIQUEIRA

Figurinos (Básico) e Adereços
MIRIÃO TREVISAN

Trilha Sonora (Afrescos melódicos)
CÉSAR DAVINHA

Maquiagem (Em alguns casos, funilaria e pintura)
DALSON ALVES

Execução Audiovisual (Bicha necessária)
MYRELLA TREVISAN

Realização
TEATRO SOTAC


<< Voltar para Trabalhos Realizados