“Os Contos infantis, com suas luzes puras e suaves, fazem nascer e crescer os primeiros pensamentos, os primeiros impulsos do coração. São também Contos do lar, porque neles a gente pode apreciar a poesia simples e enriquecer-se com sua verdade. E também porque eles duram no lar como herança que se transmite.”
(Irmãos Grimm, 1812)

Era uma vez... Lá no Reino do faz-de-conta... Vivia uma família de lenhadores que estavam muito felizes com o nascimento de mais um filho que, por ser muito pequenino, foi chamado de Pequeno Polegar.

Os dias foram se passando e com paciência e amor o pequeno Polegar foi aprendendo os primeiros passos e as primeiras falas.

Certo dia, o pai lenhador adoeceu e os filhos partiram para a floresta, dispostos a cortar muita lenha e ajudar o pai doente, mas ao cair da noite perceberam que foram descuidados e estavam perdidos no meio da mata - Sem rumo e assustados, caminham na escuridão e vão parar no castelo do terrível e temperamental: "Furacão", o gigante das botas de sete léguas, que tão logo percebe a presença dos intrusos visitantes, armou a maior confusão.

Quem irá; salvar o pequeno Polegar e seu atrapalhado irmão Nico do perigo?... Quem poderá; devolver a paz ao Reino da vagareza?...


FICHA TÉCNICA

O Pequeno Polegar
Inspirado no original de Hans Christian Andersen

Adaptação e Direção
ANTONIO CARLOS DA COSTA

Elenco
FELIPE COSTA (Pequeno Polegar)
MATHEUS VIANNA (Pai Lenhador)
LARA ERCOLES / MARIA FERNANDA / MEL BARONI (D.Maricota)
ISAAC TREVISAN (Gigante Furacão)
MAYARA BAQUEIRO (Mamãe Gigante)
ANTONIO CARLOS (Nico)

Trilha Sonora
DINO PALMA (Músicas)
CÉZAR ZACCARIAS (Arranjos)

Vozes
JOE WELCH / DINO PALMA / ANTONIO CARLOS

Figurinos
MIRIAM TREVISAN
HUGO MARIENLLI

Cenografia e Adereços
JOSÉ ROVERATTO

Programação Visual
GINALDO SANTOS

Sonoplastia e Iluminação
MYRELLA TREVISAN / MATHEUS VIANA

Fotografias
KALAU CHINEK

Apoio Técnico e Administrativo
MIRIAM TREVISAN


<< Voltar para Trabalhos Realizados