“Os Contos infantis, com suas luzes puras e suaves, fazem nascer e crescer os primeiros pensamentos, os primeiros impulsos do coração. São também Contos do lar, porque neles a gente pode apreciar a poesia simples e enriquecer-se com sua verdade. E também porque eles duram no lar como herança que se transmite.”
(Irmãos Grimm, 1812)

Era uma vez... Lá no Reino do faz-de-conta... Vivia uma família de lenhadores que estavam muito felizes com o nascimento de mais um filho que, por ser muito pequenino, foi chamado de Pequeno Polegar.

Os dias foram se passando e com paciência e amor o pequeno Polegar foi aprendendo os primeiros passos e as primeiras falas.

Certo dia, o pai lenhador adoeceu e os filhos partiram para a floresta, dispostos a cortar muita lenha e ajudar o pai doente, mas ao cair da noite perceberam que foram descuidados e estavam perdidos no meio da mata - Sem rumo e assustados, caminham na escuridão e vão parar no castelo do terrível e temperamental: "Furacão", o gigante das botas de sete léguas, que tão logo percebe a presença dos intrusos visitantes, armou a maior confusão.

Quem irá; salvar o pequeno Polegar e seu atrapalhado irmão Nico do perigo?... Quem poderá; devolver a paz ao Reino da vagareza?...


FICHA TÉCNICA

O Pequeno Polegar
Inspirado no original de Hans Christian Andersen

Adaptação e Direção
ANTONIO CARLOS DA COSTA

Elenco
FELIPE COSTA (Pequeno Polegar)
ISAQUE DOS SANTOS (Pai Lenhador)
MARINA BRANTIS (D.Maricota)
ISAAC TREVISAN (Gigante Furacão)
MAYARA BAQUEIRO (Mamãe Gigante)
ANTONIO CARLOS (Nico)

Trilha Sonora
DINO PALMA (Músicas)
CÉZAR ZACCARIAS (Arranjos)

Vozes
JOE WELCH / DINO PALMA / ANTONIO CARLOS

Figurinos
MIRIAM TREVISAN
HUGO MARIENLLI

Cenografia e Adereços
JOSÉ ROVERATTO

Programação Visual
GINALDO SANTOS

Sonoplastia e Iluminação
MYRELLA TREVISAN / MATHEUS VIANA

Fotografias
KALAU CHINEK

Apoio Técnico e Administrativo
MIRIAM TREVISAN


<< Voltar para Trabalhos Realizados